“Conversas Públicas: O que as mulheres têm a dizer?”, no Sesc Santana

0
149

Em quatro domingos, de 24 de março a 14 de abril, das 11h30 às 13h30, o Sesc Santana promove a intervenção “Conversas públicas: O que as mulheres têm a dizer?”. Para cada conversa pública será definido de antemão um tema gerador, a serem debatidos/escolhidos junto com a programação do Sesc Santana. Ao todo serão quatro temas escolhidos (exemplo de um tema: trabalho doméstico). As presentes serão estimuladas a darem seus testemunhos sobre situações vividas em torno do tema, a partir daí, a conversa será mediada por psicanalistas e artistas da Clínica Pública de Psicanálise. A atividade integra o projeto De| Generadas 5.

A Clínica Pública de Psicanálise nasceu em 2016, no canteiro aberto da Vila Itororó, em São Paulo, onde continua existindo. Realiza cerca de 350 sessões terapêuticas gratuitas por mês, individuais e coletivas. Surgiu como uma proposição de uma artista, então responsável pela formação de público do canteiro aberto, a partir de seu reencontro com ex-moradores da Vila e em diálogo com psicanalistas interessados em uma psicanálise popular, não elitista.

O De | Generadas 5 parte do ponto de vista histórico da opressão sobre mulheres e do imperativo de um pensamento sobre gênero na sociedade para promover alguns questionamentos dentro de diferentes formatos de atividades (teatro, intervenções, espetáculos, oficinas, shows e outros).

Serviço:
“Conversas públicas: O que as mulheres têm a dizer?”
Data: De 24/03 a 14/04.
Horário: Domingos, das 11h30h às 13h30.
Recomendação etária: Não recomendado a menores de 14 anos.
Grátis.
Local: Convivência I do Sesc Santana
Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Jd. São Paulo.
Acesso para deficientes – estacionamento – ar condicionado.
Estacionamento – R$12,00 a primeira hora e R$ 3,00 a hora adicional – desconto para credenciados.
Para informações sobre outras programações ligue 0800-118220 ou acesse o portal
www.sescsp.org.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Digite seu nome