Debate sobre violência obstétrica acontece no Sesc Santana

0
731

Foto: Divulgação

O objetivo da conversa é compartilhar experiências e entender a atuação de espaços e organizações

No dia 30 de março, sábado, das 16h às 18h, o Sesc Santana promoverá uma roda de conversas entre público e especialistas sobre violência obstétrica, com Danie Sampaio, Bianca Zorzan e Deborah Delage. Violência obstétrica é um termo que surgiu a partir da necessidade de expor os abusos psicológicos, físicos e emocionais que mulheres e familiares enfrentam durante o período de gestação, parto e pós parto por parte de profissionais da saúde. Como exemplo o fato de muitas delas serem coagidas a aceitar intervenções cirúrgicas, o que deveria ser uma medida restrita para a minoria dos casos, e em que os riscos para a mãe ficassem claros.

O tema será abordado a partir das experiências de três mulheres que atuam em diferentes espaços e organizações com foco na assistência a mulheres no período chamado da gestação, parto e pós parto.

A atividade integra o projeto De| Generadas 5, que parte do ponto de vista histórico da opressão sobre mulheres e do imperativo de um pensamento sobre gênero na sociedade para promover alguns questionamentos dentro de diferentes formatos de atividades (teatro, intervenções, espetáculos, oficinas, shows e outros) na unidade do Sesc Santana.

Serviço:
Violência obstétrica
Data: 30 de março
Horário: Sábado, das 16h às 18h.
Sesc Santana
Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Jd. São Paulo.
Local: Área de Convivência I
Vagas: 60. Gratuito. Sem retirada de ingressos.
Recomendação etária: Não recomendado a menores de 12 anos.
Acesso para deficientes – estacionamento – ar condicionado.
Estacionamento – R$12,00 a primeira hora e R$ 3,00 a hora adicional – desconto para credenciados.
Para informações sobre outras programações ligue 0800-118220 ou acesse o portal
www.sescsp.org.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Digite seu nome