Dermatite utópica: o que é e o que causa essa doença de pele nos pets

0
230

Foto: Divulgação

Dr. Jorge Morais, fundador da Animal Place, fala sobre o diagnóstico e formas de tratamento para o mal que atinge preferencialmente animais domésticos

A dermatite utópica é o problema de pele mais comum entre animais domésticos do que percebemos. De forma inesperada, ela costuma atacar os bichos que vivem em grandes centros urbanos, por conta das novas interações desses animais com os humanos e meio onde vivem, sendo uma doença dermatológica e alérgica, que pode ser diagnosticada por uma triagem inicial feita por um veterinário.

O sintoma mais comum é uma coceira automutilante, que persiste dia e noite, de intensidade moderada a grave, gerando vermelhidão nos locais, sem uma causa específica. Segundo o veterinário Jorge Morais, fundador da rede Animal Place, “Os pets coçam, principalmente, as regiões ao redor dos olhos, orelhas, abdômen, virilha e axila, além de lamber as patas e a pele apresenta vermelhidão, descamação, queda de pelo, escurecimento da pele e pelagem, espessamento e cheiro forte.”, comenta.

Com o tempo, a pele do animal doente fica mais ressecada e perde a função de barreira protetora, oferecendo condições ideais para proliferação de bactérias e fungos, que podem piorar o quadro inflamatório.

“O tratamento é vitalício e consiste em manter as regiões afetadas limpas e hidratadas. No consultório receitamos xampus e sprays específicos para cada caso e também medicamentos para aliviar a coceira”, explica o veterinário. A dedicação do dono é outro fator importante para uma resposta positiva pelo tratamento, que exige um tempo e cuidados extras.

No canal da rede no youtube, animalplace100, é possível encontrar dicas e cuidados para pets com o Dr. Jorge. Mais informações: www.animalplace.com.br

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Digite seu nome