Novembro Azul: a importância da prevenção

0
370

Novembro Azul é um movimento mundial que acontece durante este mês para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

No Brasil, esse tipo de câncer é o mais incidente nos homens de todas as regiões, excluindo o de pele não melanoma, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). É estimado que, apenas em 2019, sejam diagnosticados mais de 68 mil casos dessa patologia.

Com esses altos índices, é essencial que a apreensão seja deixada de lado para realizar todos os exames preventivos necessários. “No caso do câncer de próstata, em particular, a conscientização é importante porque a doença não é visível e não causa dor, sangramento ou outros sofrimentos, até que já esteja em um estado muito avançado”, alerta a Drª Luciana Schultz, médica patologista da Sociedade Brasileira de Patologia (SBP).

É importante ressaltar ainda que os homens com histórico familiar de câncer de próstata precisam ficar mais atentos para realizarem um diagnóstico precoce, uma vez que segundo a Drª Katia Leite, presidente eleita da SBP, “a presença familiar aumenta de 5 a 10 vezes a possibilidade de câncer de próstata”.

Apesar de não gerar qualquer tipo de sintoma, o câncer de próstata faz com que haja alguns sinais no corpo, como o endurecimento de regiões da próstata ao tocá-la (toque retal) e aumento dos níveis de Antígeno Específico da Próstata (PSA) – proteína prostática, que quanto maior for, elevado é o risco de câncer na região – no sangue. Ao haverem esses pontos, é realizada a biópsia pelo médico patologista para avaliar se o paciente tem câncer ou não.

Como em qualquer tipo de patologia, a prevenção sempre é a melhor solução. Adotar hábitos saudáveis diminui o risco de várias doenças, inclusive o câncer de próstata. Portanto, é recomendado manter uma alimentação saudável e equilibrada, não fumar, identificar e tratar adequadamente a pressão alta, diabetes e problemas de colesterol, manter um peso saudável e praticar regularmente atividades físicas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Digite seu nome