Projeto ‘Infinitamente Rosa’ comemora 60 anos das obras de João Guimarães Rosa na BSP

0
628

Em 1956, o famoso escritor João Guimarães Rosa publicou Corpo de baile, livro que reúne cerca de sete novelas. A oitava deveria ser “Grande sertão: veredas”, mas o texto ganhou autonomia e veio a tornar-se um dos mais importantes e conhecidos da literatura brasileira.

Para comemorar os 60 anos de lançamento de ambas as obras, a Biblioteca de São Paulo, em parceria com o Instituto de Estudos Brasileiros (IEB/USP), preparou programação especial. Dá só uma olhada!

Oficina de narração oral
Por meio da escuta de narração oral de trechos das obras de Guimarães Rosa, os participantes poderão perceber a grande oralidade que marca o texto roseano.

Quando: quarta e quinta-feira, 14 e 15 de setembro, das 16h30 às 18h30.
Participação: Elisa Almeida.
Entrada: a partir de 15 anos.
Carga horária: 4 horas.
Inscrições: até 6 de setembro. Mandar e-mail para agenda@bsp.org.br ou dirigir-se ao balcão de atendimento da biblioteca (de terça a sexta-feira, das 10 às 18h).

Apresentação do grupo Miguilim de contadores de estórias de Cordisburgo 
Com rico repertório proveniente de trechos de livros como Sagarana, Corpo de baile, Grande sertão: veredas e Primeiras estórias, o grupo narra estórias privilegiando a beleza da palavra falada, veículo da musicalidade e da poesia da obra do escritor.

Quando: sábado, 17 de setembro, das 15 às 15h45.
Entrada: a partir de 14 anos.
É necessário retirar senhas com 30 minutos de antecedência.

Clube de leitura
Todos os meses, a BSP seleciona um livro e propõe a discussão de detalhes da história com os leitores da obra, incentivando assim o encontro de pessoas, o debate literário e o hábito da leitura. Em setembro, homenagem a Guimarães Rosa.

Quando: quarta-feira, 28 de setembro, das 15 às 17 horas.
Livro estudado: “Grande sertão: veredas”, de João Guimarães Rosa.
Participação: com equipe BSP.
Não é necessário inscrição.

Aproveite para chamar os seus colegas e familiares para aprender um pouco mais sobre a rica literatura brasileira.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Digite seu nome