CULTURA E LAZER

Confira a programação das bibliotecas municipais da zona norte

Fotos: Divulgação/Prefeitura SP  –

Em maio a programação presencial, itinerante e on-line do Projeto Biblioteca Viva, tem diversas atividades acontecendo nas bibliotecas municipais, tais como: Contação de Histórias, Primeira Infância, Música, Intervenção Artística, Circo, Dança, Sarau entre outras atividades, totalmente gratuitas.
Em 2022, a programação comemora o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, trazendo reflexões sobre como estabelecer na cidade um Novo Modernismo – cujo eixo nasce nas periferias, com diversas expressões culturais originais e significativas para um novo pacto civilizatório.
Confira a programação:
CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS
Semana de 22 – Contando o Modernismo com a Cia Mapinguary
Para comemorar o centenário da Semana de Arte Moderna, a Cia. Mapinguary traz o espetáculo Semana de 22: contando o Modernismo. Os narradores contam a infância de modernistas como Anita Malfatti, Tarsila Amaral e Mário de Andrade, além de trazer poesias, músicas e curiosidades da Semana que transformou a arte brasileira. Para isso, utilizam, oralidade, Fantoches e o kamishibai. Classificação indicativa: 7 a 14 anos. Duração: 60 min.
Dia 11 de maio às 10h – Biblioteca Álvares de Azevedo

PRIMEIRA INFÂNCIA
Trilhinha Modernista com o Movimento Vem Brincar
“Tudo vale a pena, se a alma não é pequena” e se a gente tem tempo para aprender brincando. Por isso, o Movimento Vem Brincar espera todos para a Trilhinha Modernista, onde poderão conhecer Tarsila do Amaral, Fernando Pessoa e mais um monte de gente legal e importante. Quem Vem Brincar?
Na arquitetura, o movimento foi conhecido por inovar, então que tal por meio de histórias que contam sobre cada uma dessas personalidades, cada um puder criar sua própria construção usando elementos da natureza?
Na literatura, quem vai divertir os espectadores é Fernando Pessoa e suas múltiplas personas. Com a intenção de apresentar às crianças cada heterônimo de Fernando Pessoa, 4 contadores de histórias, com figurinos que representam cada uma das personalidades, vão trazer por meio das performances cada característica que este possui, introduzindo as crianças a riqueza do universo literário.
Classificação indicativa: 0 a 6 anos. Duração: 90 min.
Dia 12 de maio às 10h – Biblioteca Adelpha Figueiredo
Dia 14 de maio às 11h – Biblioteca Sylvia Orthof
CIRCO
O livro do mundo inteiro com a Trupe DuNavô
Munidos da vontade de conhecer e de se relacionar com as pessoas, o grupo parte com a missão de colher contribuições para a escrita da história do dia. Um grande livro é o fio condutor para uma intervenção de palhaços em meio ao público que é convidado para participar desta escrita divertida e coletiva. Este livro conta a história de todos e do mundo, e é de todos e para todas as pessoas do mundo.
Partindo da premissa da escuta, o grupo se aproxima dos indivíduos que se mostram abertos ao jogo, e os instiga a embarcar em uma grande experiência de aproximação, redescobrimento e acima de tudo, claro, muitas gargalhadas!
De forma divertida, os palhaços encorajam cada indivíduo a participar da escrita deste livro, contando com os estímulos exteriores dos palhaços, podem se expressar e contribuir para expor nas páginas desse livro, histórias que aconteceram durante esse encontro, sentimentos ou reconstruir de alguma forma, a sua própria trajetória.
Aqueles que aceitam o convite dos palhaços, passam por um momento de registros de memórias, afetos e brincadeiras, através de um encontro simples, porém verdadeiro, sem preconceitos, sem julgamentos, estimulando a relação do palhaço com o indivíduo comum.
A utilização da máscara do palhaço, para subverter o ambiente, permite transitar do cômico ao sensível, promovendo encontros, resgatando histórias e as experiências de cada indivíduo naquele determinado momento, atravessando vários tipos de resistência, criadas em nossa sociedade.
Classificação indicativa: 7 a 14 anos. Duração: 45 min.
Dia 12 de maio às 15h – Biblioteca Thales Castanho de Andrade

Deixe uma resposta