CULTURA E LAZERGUIA DA ZN

Conheça São Paulo pedalando!

Foto: Divulgação

Ministério do Turismo, Sense Bike e Shimano apresentam a Rota Centro Novo, um passeio gratuito de bicicleta pelo centro novo da capital realizado pelo Bike Tour SP

Uma nova opção de passeio turístico e cultural, trata-se de um roteiro de bicicleta que percorre 6 km pelo Centro Novo de São Paulo, com 13 paradas nas principais atrações da região. Essa é uma iniciativa de empresas que têm relação direta com a bicicleta: a fabricante Sense Bike, a empresa de componentes e acessórios Shimano, e a associação especializada em passeio de duas rodas, o Bike Tour SP.

Com a liberação das atividades culturais, o Bike Tour SP retorna com a Rota Centro Novo e os tours acontecem todos os sábados, saindo da  Biblioteca Mário de Andrade, localizada na Rua da Consolação, 94, em quatro horários: 9h, 11h, 13h e 15h. Serão grupos de até 10 pessoas, acompanhados por monitores e guiados pelo nosso AudioTour, que contará a história, a cultura e as curiosidades de 26 pontos turísticos.

O passeio é gratuito. Para ingressar na pedalada, basta se inscrever antecipadamente pelo site centronovo.biketoursp.com.br e levar 2 quilos de alimentos não-perecíveis por participante. Os donativos arrecadados serão repassados para duas instituições que auxiliam centenas de famílias carentes, incluindo um trabalho com adultos em situação de rua e crianças carentes que moram na região do Centro: o Núcleo Assistencial Bezerra de Menezes (NABEM – nabemsp.com) e o Clube de Esperança Nova Aurora (CENA – missaocena.com.br).

Tudo apresentado em português, inglês, e em espanhol também, para atender o turista estrangeiro. E não há necessidade de levar bicicleta, pois a estrutura conta com as bikes Sense Move disponibilizadas aos participantes, além de equipamentos de segurança, como capacetes e coletes de identificação.

Roteiro
O percurso abrange o chamado Centro Novo, área localizada a partir do Vale do Anhangabaú, tendo no Viaduto do Chá seu grande divisor. Seu nome tem relação com o final do século XIX e início do século XX, quando a região era sinônimo de prosperidade e  representava o bom momento econômico da cidade, impulsionada pela produção cafeeira e chegada da ferrovia, da industrialização e dos imigrantes. A construção de prédios icônicos e edifícios que seguiam o Art Déco, movimento arquitetônico em alta na época, é hoje uma forte característica da região.
Entre os pontos turísticos estão duas novidades para a edição deste ano, o Aquário Urbano e a Tokyo, além da Praça das Artes, o Sesc 24 de Maio, o Teatro Municipal de São Paulo, o Bar dos Arcos, a Biblioteca Municipal Mário de Andrade, a Galeria Metrópole, os edifícios Itália e COPAN, a Gastronomia no Centro, a Praça da República, a Praça Princesa Isabel, a Estação Júlio Prestes e Sala São Paulo, o Museu da Resistência, a Estação Pinacoteca, a Pinacoteca do Estado, a Estação da Luz, o Museu da Língua Portuguesa, o Parque da Luz, a Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Santa Efigênia, o Largo do Paiçandu, a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, a Galeria Olido e a Galeria Do Rock.

Passeio Inclusivo
Além de incentivar a prática esportiva e cultural, todo o projeto, que tem o apoio do Ministério do Turismo, por meio da Lei de Incentivo a Cultura, foi planejado de forma a contribuir com a sociedade e ser inclusivo, pois as empresas entendem que ajudar o próximo é muito necessário.

“Nossa ideia é que o passeio seja cada vez mais inclusivo, essa rota conta com um triciclo trenzinho que comporta pessoas com deficiência física e visual, idosos e mobilidade reduzida. E também foram colocados tablets acoplados nas bicicletas que contam com acessibilidade em libras,” explica André Moral, confundador do Bike Tour SP.

Contatos:

Site: www.biketoursp.com.br | www.centronovo.biketoursp.com.br  

Facebook: www.facebook.com/biketoursp | www.facebook.com/biketoursp.centronovo

Instagram @biketoursp | @biketoursp.centronovo

Silvana Nanni
the authorSilvana Nanni

Deixe uma resposta