EDUCAÇÃO

Cursos gratuitos oferecem caminhos para o acolhimento e a recuperação das aprendizagens de estudantes

Foto: Anak Mudah Lupa/Freepik  –   

Gestores públicos identificam necessidade de reforço do ensino para combater o risco do abandono escolar e garantir o direito à aprendizagem

Como forma de responder aos novos desafios educacionais trazidos pela pandemia de Covid-19, gestores escolares têm procurado alternativas para promover o acolhimento e a recuperação das aprendizagens de crianças e adolescentes. Entre as opções oferecidas para apoiar nesse processo está o percurso de formação Recuperação das Aprendizagens, disponível gratuitamente no Polo, ambiente de formação do Itaú Social.

A formação oferece seis cursos contendo estratégias e ferramentas pedagógicas para potencializar o planejamento educacional da rede e das escolas. Cada curso pode ser feito de forma independente, mas existe uma relação sequencial entre as formações, uma vez que as temáticas se complementam.

“O percurso foi pensado a partir do que seria a maior necessidade das redes públicas de educação, oferecendo subsídios e ferramentas ao educador. Os gestores são orientados a realizarem um planejamento que visa olhar para a criança buscando entender como ela está e como a escola garante o processo de aprendizagem”, explica a gerente de Implementação do Itaú Social, Tatiana Bello.

Produzidos em parceria com a Comunidade Educativa CEDAC, cada curso tem duração de quatro horas, exceto o “Busca Ativa”, com duas horas e parceria da Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação) e UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

Confira os cursos:
Busca Ativa Escolar: garantia integral de direitos de crianças e adolescentes
Acolhimento e clima escolar
Flexibilização curricular
Avaliação diagnóstica
Reorganização das atividades pedagógicas
Acompanhamento das aprendizagens

Deixe uma resposta