ACONTECE NA ZN

Einstein inaugura a primeira clínica em Santana

Espaços e consultórios da Clínica Eisntein, unidade Santana.

Foto: Divulgação  –

Zona Norte de São Paulo ganha primeira unidade da Clínica Einstein, voltada para a atenção primária à saúde, com serviços que seguem modelos adotados nos EUA e Europa

Com foco na prevenção de doenças e promoção da saúde, o Einstein acaba de inaugurar a primeira Clínica Einstein na Zona Norte da capital paulista. O Einstein é pioneiro no Brasil na implantação do sistema de saúde suplementar e do conceito mais moderno de cuidado prevalente no mundo, o da atenção primária.

Conhecida como a porta de entrada do sistema de saúde, a assistência leva em consideração o histórico de saúde e o estilo de vida do indivíduo, entre outros fatores, para a definição de um plano cujos objetivos são os de reduzir as chances de enfermidades e auxiliar na manutenção de uma vida saudável.

Trata-se de uma importante mudança de paradigma assistencial. Mudar o foco do tratamento para a prevenção de doenças tornou-se um imperativo urgente em todo o mundo. Com o envelhecimento da população, doenças crônicas como obesidade, diabetes e hipertensão arterial cresceram em incidência. Hoje, existem 2,3 bilhões de indivíduos com excesso de peso no planeta, outros 422 milhões de adultos com diabetes e mais de 1 bilhão de pessoas hipertensas. Estas enfermidades estão entre os principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares, as que mais matam no mundo, e agravam as chances de desenvolvimento de outras doenças, como o câncer.

Além dos milhões de vidas perdidas – mais de 100 mil morrem todos os anos de infarto no Brasil -, o impacto nos gastos de saúde é enorme. A falta de prevenção resulta em diversas complicações cujo tratamento onera instituições públicas e privadas, colocando em risco a sustentabilidade dos sistemas de saúde.

Por essas razões, a atenção primária norteia as estratégias para aprimorar o cuidado com o indivíduo e, ao mesmo tempo, aquelas voltadas à eficiência no atendimento sob a ótica da saúde populacional. “Hoje, o cuidado preventivo é prioridade”, explica Sidney Klajner, presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein. “É importante ressaltar a importância desse modelo para que não haja sobrecarga de demanda nas estruturas secundária e terciária de atendimento”, complementa. O raciocínio é simples. Quanto mais as pessoas evitarem doenças, especialmente as ligadas ao estilo de vida, menos complicações delas derivadas e, portanto, menos pressão sobre o sistema hospitalar. Idealmente, hospitais deveriam estar destinados ao atendimento de casos de complexidades média e alta.

A digitalização da saúde tem sido uma grande aliada desse processo. Por esse motivo, a Clínica Einstein conta com serviços de telemedicina para garantir os cuidados essenciais à saúde e desafogar os hospitais. Por meio do atendimento inicial remoto, os médicos já fazem a triagem e os encaminhamentos necessários de acordo com as necessidades de cada paciente.

Na prática, o modelo de atenção primária consiste no atendimento por uma equipe multiprofissional, integrada por médicos, nutricionistas e psicólogos, entre outros especialistas, que se dedicam ao cuidado integral da saúde do indivíduo.

A nova Clínica Einstein em Santana, localizada na Avenida Braz Leme, 3265, também conta com centro de imunização e medicina diagnóstica. Outras unidades da rede estão localizadas em Alto de Pinheiros, Parque da Cidade, Parque Ibirapuera e Anália Franco.

Deixe uma resposta