CULTURA E LAZER

Exibições on-line do musical infantil “Nerina, a Ovelha Negra”

Foto: Cacá Diniz – 

 Após cada exibição, a companhia promove bate-papos com criativos da peça como Fernanda Maia, Sidnei Caria e Michele Iacocca

Baseada no livro homônimo do cartunista Michele Iacocca, a premiada opereta do grupo Maracujá Laboratório de Artes conta a história de Nerina, uma ovelha que é expulsa do rebanho só por ter uma cor diferente. Ao ir embora sozinha, ela acaba encontrando alguns lobos, que propõem usá-la como isca para atrair e devorar as ovelhas que a expulsaram, como forma de vingança. Mas Nerina vai provar que o ódio nunca é o melhor caminho, tomando uma decisão que mudará a vida de todas.

Abordando a temática do preconceito racial através da atuação, música, manipulação de bonecos e recursos visuais, “Nerina, a Ovelha Negra” voltaria a ser apresentada presencialmente em São Paulo em 30 CEUs (Centros Unificados de Ensino) e cinco teatros distritais da capital. No entanto, a quarentena imposta pela pandemia do COVID -19 obrigou o grupo a adaptar o projeto para o formato on-line.

A ação, batizada de “Circulação Nerina, a Ovelha Negra”, teve inicio de forma remota no dia 9 de novembro através da oficina “Laboratório de Artes Maracujá”. O workshop, que segue até 11 de dezembro, desenvolve diferentes técnicas experimentadas pela companhia em seus 15 anos de atividades como o teatro de sombras, stop motion, confecção de bonecos com sobras de materiais e o live animation com puppet toys (uma técnica onde bonecos em miniatura são manipulados em frente a câmeras e projetos ao vivo como em uma espécie de cinema feito ao vivo).

A segunda fase do projeto consiste em apresentações em vídeo seguidos de bate-papos com os criativos em plataformas de streaming. A iniciativa visa, além da exibição do premiado musical, propor um debate sobre assuntos envolvendo preconceito e inclusão social.

Confira a agenda completa abaixo:

21/11 (apresentação vinculada ao Teatro Flávio Império)
11h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra
11h50 – bate-papo com o autor Michele Iacocca

21/11 (apresentação vinculada ao Centro de Culturas Negras)
16h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra
16h50 – bate-papo: Jovens artistas pretos e a representatividade negra na arte.
Com os atores: Bia Sabiá, Eder dos Anjos, Renan Vinícius e Yasmin Olí.

22/11 (apresentação vinculada ao Teatro Flávio Império)
11h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra
11h50 – bate-papo com o diretor Sidnei Caria

22/11 (apresentação vinculada ao Centro de Culturas Negras)
16h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra
16h50 – bate-papo: O futuro dos baobás – a representatividade negra no teatro para crianças e jovens.
Convidados: Jefferson Brito e Rita Teles, da Cia Colhendo Contos e Diáspora Negra, com o ator Eder dos Anjos, do Coletivo dos Anjos e Maracujá Laboratório de Artes, realizando a mediação.

28/11 (apresentação vinculada ao Centro Cultural da Penha)
16h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra
16h50 – bate-papo com a diretora musical Fernanda Maia

29/11 (apresentação vinculada ao Centro Cultural da Penha)
16h – vídeo do espetáculo Nerina – a ovelha negra
16h50 – bate-papo com o elenco do espetáculo Nerina – a ovelha negra: Bia Sabiá, Camila Ivo, Lucas Luciano, Piva Silva, Sidnei Caria, Silas Caria e Yasmin Olí.

Local de transmissão da programação:
https://www.facebook.com/maracujaartes
https://www.youtube.com/c/maracujalaboratoriodeartes

Deixe uma resposta