BELEZAMODA E BELEZA

Maskne: Saiba como evitar

O uso obrigatório e indispensável da máscara como método de proteção contra a Covid-19 pode gerar a recém-denominada “maskne”, acne causada pela utilização do acessório. Esse quadro tem causa mecânica, motivado pelo atrito de alguns materiais com a pele, e não é relacionado a questões hormonais ou genéticas.

“O tecido abafa essa região específica do rosto, elevando a umidade e a temperatura. Isso pode aumentar a oleosidade e a produção de sebo, os principais responsáveis pela acne”, explica Adriano Ribeiro, farmacêutico da rede de farmácias Extrafarma. Segundo ele, o uso prolongado do acessório também pode causar ressecamento, rosáceas, dermatites e outras alergias.

Para evitar e tratar o problema não é necessário medicação. A prática de alguns cuidados já é suficiente para sanar essas inflamações na região da boca, bochechas, queixo e pescoço.
Prefira máscaras feitas com tecidos macios, como algodão, seda ou material cirúrgico. Além disso, o acessório deve ser trocado após quatro horas de uso e lavado com frequência. Em caso de dúvidas, consulte um médico.
“O cuidado com a pele também é importante. O ideal é lavar o rosto duas vezes ao dia com um sabonete específico para cada tipo de pele, hidratar e aplicar o protetor solar. Além disso, é bom evitar tocar o rosto se não houver necessidade”, afirma Adriano.

Estresse, maus hábitos e alterações hormonais também podem causar esse tipo de problema. A prática de exercícios, uma alimentação saudável e boa qualidade do sono podem ajudar. “Independentemente de eventuais incômodos, a utilização da máscara é essencial para a preservação da sua saúde e a do próximo”, finaliza o farmacêutico.

Deixe uma resposta