FIQUE LIGADO

Mulheres com deficiência recebem curso gratuito de empreendedorismo

Foto: Reprodução/Pinterest  –   

Realizado pelo Governo de São Paulo e Sebrae-SP, a capacitação promoverá o incentivo à autonomia e geração de renda às mais de 1,7 milhão de mulheres com deficiência do estado

Até o dia 11 de maio, as mulheres com deficiência do estado de São Paulo poderão se inscrever para participar da capacitação on-line “Sebrae Delas – Elas Realizam – Começando um negócio de sucesso”. Totalmente gratuito, o curso inicia em 16 de maio.
A ação é realizada pelo Governo de São Paulo em parceria com o Sebrae-SP, por meio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e faz parte do programa Empreenda Mulher, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O curso tem carga horária de 10h de capacitação, mais 2h de mentoria por meio de uma plataforma acessível para todas as deficiências, que permitirá a interação entre as participantes.
Os temas abordados no curso são: inteligência emocional, empreendedorismo e gestão de negócios.
Interessadas devem acessar o formulário até o dia 11 de maio pelo link.

TODAS in-Rede
De acordo com informações da Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência, atualmente vivem no estado mais de 1,7 milhão de mulheres com deficiência. Pensando nisso, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência criou o programa TODAS in-Rede, que visa o empoderamento e a autonomia das mulheres com deficiência do estado, por meio de ações de formação profissional, disseminação de informações e criação de uma rede virtual acessível às mulheres com deficiência.
Para se cadastrar na Rede Virtual e ficar por dentro de todas as novidades do programa TODAS in-Rede basta acessar: todasinrede.

Sebrae Delas
O Sebrae Delas é um programa criado para fortalecer o empreendedorismo feminino com foco no despertar para o autoconhecimento, aumento de rede de contatos e da competitividade dos negócios. Ele é composto por quatro pilares: inspiração, capacitação, impacto e mentoria. Em cada uma dessas fases, as empreendedoras participantes têm acesso a orientações voltadas para inteligência emocional e gestão de negócios, além do desenvolvimento de redes de contatos e atitudes empreendedoras – tudo em uma linguagem adaptada para a necessidade e o dia a dia dessas mulheres.

Deixe uma resposta