ACONTECE NA ZN

Paulistano da zona norte é o mais jovem campeão brasileiro de Carcassonne

Erick Matheus – Foto: Divulgação  –   

Com a conquista, Erick Matheus viaja em outubro para a Alemanha para representar o Brasil no Campeonato Mundial da modalidade

O paulistano Erick Matheus, 17 anos, consagrou-se campeão nacional de Carcassonne neste último domingo (31/7), após vencer o mineiro Fernando Mejuto. A decisão foi disputada no formato “melhor de três”, com duas vitórias para o morador do Parque Taipas, Zona Norte de São Paulo.

Com o resultado, Erick Matheus se tornou o primeiro negro e o mais jovem campeão da história da competição, desbancando grandes nomes da modalidade.

Carcassonne é um jogo de tabuleiro inspirado na cidade homônima, localizada ao sul da França e conhecida por sua arquitetura medieval. Nele, os jogadores pontuam ao posicionar seus marcadores – chamados de meeples – em peças que contém estradas, castelos, campos ou monastérios. Vence o jogo quem, ao final, tiver a pontuação mais alta. Carcassonne mistura algumas mecânicas de dominó, quebra-cabeça e xadrez, onde a contagem de peças, controle de probabilidades e um pouco de sorte são decisivos para a vitória.

O torneio, vencido por Erick, contou com a participação de cerca de 55 atletas vindos de várias partes do país. Em sua trajetória rumo ao título, ele conseguiu surpreendentes 12 vitórias em 13 jogos.

A competição teve organização da Devir Brasil, distribuidora do jogo no país, e apoio da comunidade Carcassonne Brasil.

“Eu estou muito feliz com a conquista! Vou representar o país muito bem lá fora e aproveitar muito a minha primeira viagem para o exterior. É uma grande oportunidade para mim e uma responsabilidade muito grande representar toda a comunidade, que me apoiou desde o início e pode esperar, esse ano eu vou trazer o título mundial!”, conta o jovem campeão.

Orgulho do professor
Erick Matheus conheceu o jogo em 2019, em um projeto chamado “Jovens Talentos”, mantido pelo professor Josuel Santos por meio da sua ONG Brincar e Aprender e com o apoio da comunidade Carcassonne Brasil.

“Eu tenho muito orgulho desse projeto que desenvolvo com o apoio do Carcassonne Brasil. Sofri muito durante os jogos do Erick, sempre na torcida. Ele é realmente um jovem diferenciado, que treina, estuda e se esforça muito para melhorar o seu jogo. Essa vitória, porém, é só uma parte importante de tudo o que estamos construindo. Hoje, o projeto Jovens Talentos ensina Carcassonne para cerca de 40 alunos da EMEF Enzo Antonio Silvestrin, e o Erick Matheus se tornou um dos nossos instrutores. É um trabalho lindo que acaba de colher o seu mais simbólico fruto: saiu daqui o atual campeão brasileiro”, disse, orgulhoso, o professor Josuel Santos.

Além de Erick, outra atleta do projeto Jovens Talentos se destacou na competição: Giovanna Pereira do Amaral, 14 anos, foi a única mulher presente entre os 8 melhores jogadores.

Para participar do projeto, é necessário ter até 18 anos e estar matriculado em uma escola de educação básica. Há treinos e campeonatos online para pessoas de todo o Brasil e treinos e campeonatos presenciais em São Paulo. Interessados no projeto devem acessar o site www.carcassonnebrasil.com/jovenstalentos para mais informações.
Erick Matheus, Fernando Mejuto, Humberto Fukuda e Bernardo Silveira – Foto: Divulgação

Deixe uma resposta