PET

Prefeitura adere à campanha “Passeio Responsável” com animais de estimação

Foto: Reprodução/Google  –   

Objetivo é garantir a proteção de pets e a segurança do público em parques urbanos

Com faixas e cartazes afixados nas entradas e demais dependências dos parques urbanos, os tutores de animais – principalmente os de cães – estão sendo informados sobre a necessidade do uso obrigatório de guias e coleiras para o convívio seguro entre pets e as pessoas em áreas públicas, como determina a Lei Estadual nº 11.531/03.

A campanha “Passeio Responsável” foi lançada pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) do Governo Estadual, e tem a adesão da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA). Com a ação, tanto os animais de estimação, quanto os frequentadores dos parques são protegidos. Os cachorros das raças Pit Bull, Rottweiller, Mastin Napolitano, American Staffordshire Terrier e raças mestiças também precisam fazer o uso de focinheira.

A campanha “Passeio Responsável” destaca também uma série de dicas para garantir a saúde e o bem-estar dos animais durante a visitação, como a importância da hidratação do pet, horários adequados para a caminhada e o acompanhamento correto da vacinação.

Aumento de circulação de animais nos parques
A ONG União Internacional Protetora dos Animais (UIPA), localizada na capital paulista, aponta que a procura para adoções de cães e gatos teve um crescimento expressivo de 400% durante a pandemia da Covid-19. De acordo com os gestores dos parques urbanos, isso também se refletiu em um aumento de tutores e animais que utilizam os parques urbanos diariamente, daí a necessidade de uma ação de orientação voltada a estes usuários.

Para mais informações sobre a campanha “#passeioresponsavel” clique aqui.

 

Deixe uma resposta