FAÇA VOCÊ MESMO

Técnica Shibori: Conheça e aprenda como fazê-la

Domestika – Fotos: Reprodução/Revista Artesanato  –

Quem gosta de se aventurar pelas várias facetas do artesanato, sabe que as técnicas japonesas são ótimas aliadas na produção de itens artesanais, não é verdade? E o shibori é uma delas!

Embora milenar, saiba que o Shibori está muito em alta na customização de roupas e é por isso que preparamos este conteúdo, para que você aprenda a técnica Shibori passo a passo e, é claro, se inspire muito para renovar o seu guarda-roupa.

Tudo sobre a técnica Shibori
Começando por suas origens, essa é uma das técnicas de tingimento de tecidos mais antigas do Japão. São mais de 1.300 anos de existência! Já o termo “Shibori” significa, na nossa língua, apertar, torcer, esmagar…
Sendo assim, essa é uma técnica que consiste em criar, no tecido, padrões, feitos por meio da prensagem e, posteriormente, tingimento têxtil. Ou seja, você pressiona e guarda partes do tecido para que essas não sejam tingidas e, consequentemente, cria-se artes incríveis nele como um todo.
Ao ler isso, você deve estar se recordando do tie-dye, não é verdade? Bem, vale ressaltar que se trata de técnicas diferentes. Enquanto o tie-dye consiste na criação de manchas aleatórias, o shibori apresenta técnicas de pressão que visam criar padrões ou desenhos.
Essa pressão, por sua vez, pode ser realizada a partir de variadas ferramentas, como elásticos, linhas, madeira, entre outros.
Foto:Domestika
Foto: Domestika
Foto: Domestika

Achou interessante? Então veja no passo a passo a seguir como fazer um Shibori.

Técnica Shibori passo a passo

Você já deve ter percebido que existem várias formas e diversos instrumentos para fazer o shibori, não é? A que separamos especificamente neste conteúdo, se chama Itajime, e foi retirada do site Faz Fácil.

Para fazê-la, você vai precisar de:
Corante para tecidos de algodão (aqui será utilizada as cores azul turquesa e índigo)
Fixador de corante
Prendedor de roupa
Luvas de borracha
Tecido de algodão
Pedaços de papelão
Palitos de picolé
Colher de sopa
Panela funda
Estilete ou tesoura
Elásticos
Lápis ou caneta
Bacia

Agora vamos ao passo a passo!

1 Lave o tecido para que ele fique totalmente limpo. Depois que estiver seco, passe-o a ferro.

2 Dobre o tecido no sentido do comprimento várias vezes, como uma sanfona. Atente-se sempre para que as dobras fiquem todas do mesmo tamanho.

3 Assim que finalizar, dobre um canto do tecido na diagonal.

Foto: Faz Fácil

Feito isso, continue dobrando, mantendo sempre o mesmo tamanho, até que o tecido vire um pequeno triângulo.

  1. Pegue esse triângulo e risque-o no papelão, como mostra a imagem.

Foto: Faz Fácil

  1. Coloque um prendedor no triângulo de tecido para que ele não se solte.
  2. Com a tesoura ou estilete, corte dois pedaços do papelão conforme a marcação que você fez.
    Coloque um pedaço de papelão na frente do triângulo e o outro atrás e prenda-os com os palitos de picolé e elásticos. Torça bem os elásticos para que tudo fique bem apertadinho.

Foto: Faz Fácil

  1. Encha a panela com água de forma que dê para cobrir o Shibori e acenda o fogo.
  2. Quando começar a ferver, adicione duas colheres de sopa de um corante e mais uma colher de outro corante (aqui foram duas do índigo e uma do azul turquesa, que criou um tom de azul nem escuro e nem claro demais).

Caso você resolva tingir uma peça maior do que essa (tamanho usado em um jogo americano), basta aumentar a quantidade de corante, mantendo essa proporção de 2 para 1.

11 Mergulhe o Shibori no corante e mexa por 30 minutos.

Foto: Faz Fácil

  1. Em uma bacia de água fria com duas colheres de sopa de fixador dissolvidos, mergulhe o Shibori.

Deixe-o por lá por 30 minutos e, logo em seguida, enxague-o na torneira.

Não se esqueça de utilizar as luvas nesse processo, uma vez que é difícil retirar o corante das mãos.

Foto: Faz Fácil

  1. Pendure o shibori ao ar livre e deixe-o escorrer por pelo menos duas horas antes de abri-lo. Embora ele não precise secar completamente, caso você o abra molhado, o trabalho poderá ficar manchado.

Foto: Faz Fácil

Veja só o resultado quando você abrir o seu Shibori!

Foto: Faz Fácil

Neste passo a passo foi utilizada a forma triangular. Mas você pode fazer o mesmo processo com retângulos. Fica a dica!

Peças de Shibori para se inspirar

Agora é hora de conhecer algumas peças e estampas feitas com a técnica shibori para você se inspirar e não pensar duas vezes antes de querer customizar algumas roupas, sejam pessoais ou de cama.

Foto: Textile Industry

Foto: Textile Industry

Foto: Shibori Tiedye Anjali

Foto: Matches Fashion

E então, o que você achou dessas novidades? Agora que aprendeu a técnica passo a passo e sabe tudo sobre ela, é hora de colocar a mão na massa e produzir lindas estampas.

 

Créditos: Revista Artesanato.

 

Deixe uma resposta