ACONTECE NA ZNDESTAQUESGUIA DA ZNINSPIRAÇÕESMAISMúsicaTEATRO

Theatro Municipal de São Paulo apresenta programação gratuita em junho

Foto: Sylvia Masini

Além de 6 apresentações das séries Happy Hour e Quartas Musicais, a Camerata da Orquestra Experimental de Repertório e o Opera Studio apresentam a ópera La Scala di Seta, de Gioachino Rossini.

O Theatro Municipal de São Paulo realiza em junho 6 apresentações gratuitas das séries Happy Hour e Quartas Musicais. Nas segundas-feiras, às 18h, os alunos da Escola Municipal de Música de São Paulo e da Orquestra Experimental de Repertório (OER) ocupam o Saguão do Theatro para trazer arte e cultura para o público na série Happy Hour. 

Já nas quartas-feiras, as apresentações, também com grupos de alunos da Escola de Música e OER, acontecem às 18h, no Salão Nobre do Municipal – são as Quartas Musicais. A retirada dos ingressos para as duas séries deve ser feita uma hora antes do início das apresentações na bilheteria física do Theatro. 

Além das séries, o público poderá também assistir a ópera La Scala di Seta, de Gioachino Rossini, no dia 15 de junho, no espaço de Convivência da Praça das Artes.

Happy Hour
No dia 10 de junho, o pianista Thiago Kondo apresenta um recital de piano com composições de Johann S. Bach, Joseph Haydn e Maurice Ravel.

No dia 17 de junho, último Happy Hour do mês, os músicos Pablo Cobello (flauta), Patrick Sugahara (oboé), Gabriel Meca (violino), Samuel Dionísio (viola) e Natalia Bueno (violoncelo) realizam um recital de música de Câmara com Quartetos de Mozart.

Quartas Musicais
No dia 5 de junho, os alunos de Canto, Cordas Barrocas e Cravo da Oficina de Música Antiga da Escola de Música do Theatro ocupam o Salão Nobre para interpretar obras de Henry Purcell, Georg F. Handel e Johann S. Bach. 

A última apresentação da série acontece no dia 26 de junho e conta com Natalia Oliveira (flauta), Rafael Fonte e Geneses de Paiva (clarinetes), Samyr Imad Costa (fagote) e Júlio César Cruzz (piano) para executar Quinteto com piano KV. 452, de Mozart. O programa continua com os clarinetistas Fhilipe Albuquerque e Vitor Mastre para interpretar a peça de Francis Poulenc, Sonata para dois clarinetes. Em seguida, Rafael Fonte (clarinete) e Júlio César Cruz (piano) apresentam Sonatina para clarinete e piano, de Malcolm Arnold. Para finalizar o concerto, o Quinteto de Sopro Ventum apresenta Suite para Quinteto de Sopro, de Radamés Gnattali.

La Scala di Seta, de Gioachino Rossini
No dia 15 de junho, o Opera Studio e a Camerata da Orquestra Experimental de Repertório apresentam a ópera La Scala di Seta, de Gioachino Rossini. O espetáculo acontece no espaço de convivência da Praça das Artes, às 17h. Na direção musical e regência está o maestro Gabriel Rhein-Schirato, já a direção cênica é de Keila Bueno. Os ingressos devem ser retirados com uma hora de antecedência na bilheteria da Praça das Artes.

Uma Escada de Seda (título da ópera em português), é o local onde a jovem Giulia vai todas as noites para receber Dorvil em seu quarto, o qual está secretamente casada; é também o lugar onde ela pode desviar a vigilância de seu tutor Dormont, que tenta casá-la com Blansac. Giulia aproveita e tenta unir Blansac com sua prima Lucilla. Além do tutor, a protagonista tem que lidar com a curiosidade de Germano, criado da casa. No papel de Giulia está a soprano Mariana Álamos; como Germano, o barítono Vitor Mascarenhas. Daniel Soufer fará Dorvil, Catarina Taira interpretará Lucilla e Ramon Mundin será o Dormont.

Serviço:
Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, s/nº – São Paulo, SP
Praça das Artes
Av. São João, 281 – Centro
Ingressos na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo ou pelo site eventim.com.br
Horário da Bilheteria: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, e sábados e domingos, das 10h às 17h.

Deixe uma resposta